Alerta! 8 Áreas Perigosas para Banho no Litoral da Grande Natal

0 459

Natal, capital do Rio Grande do Norte, é conhecido por suas lindas praias e por ser o destino perfeito para quem busca descansar e curtir o sol. No entanto, é preciso estar ciente de que existem áreas litorâneas na região que oferecem riscos para banhistas. Neste artigo, iremos te mostrar quais são as 8 áreas litorâneas de Natal que você deve ficar atento para evitar acidentes desnecessários.

Pontos Impróprios para Banho em Municípios do Rio Grande do Norte

MunicípioPontos ImprópriosNormas Estabelecidas
NatalPraia de Ponta Negra (Acesso Principal), Praia de Areia Preta (Praça da Jangada), Praia do Meio (na altura da estátua de Iemanjá), Praia do Forte e Redinha (Rio Potengi)Quantidade de coliformes termotolerantes encontrados nas águas
ParnamirimDois pontos impróprios no Rio Pium – nas proximidades do Balneário Pium e Ponte NovaQuantidade de coliformes termotolerantes encontrados nas águas
Nísia FlorestaFoz do Rio PirangiQuantidade de coliformes termotolerantes encontrados nas águas

Alerta no Litoral da Grande Natal

O boletim da balneabilidade das praias do Rio Grande do Norte emitido nesta sexta-feira (20) apontou 8 pontos impróprios para o banho na Grande Natal.

Alerta no Litoral da Grande Natal
Praias sujas. Fonte/Reprodução: original.

Estes pontos foram identificados nos municípios de Natal, Parnamirim e Nísia Floresta. Entre eles estão:

Posts Relacionados
1 De 93
  • Praia de Ponta Negra (Acesso Principal);
  • Praia de Areia Preta (Praça da Jangada);
  • Praia do Meio (na altura da estátua de Iemanjá);
  • Praia do Forte;
  • Redinha (Rio Potengi) em Natal.

Além dos dois pontos impróprios no Rio Pium, nas proximidades do Balneário Pium e Ponte Nova – e a Foz do Rio Pirangi, localizada em Nísia Floresta.

Os demais 43 trechos analisados estão próprios para o banho. Conforme o documento, foram coletadas e classificadas 51 amostras de água em pontos distribuídos na faixa costeira potiguar a fim de informar aos banhistas as condições das praias monitoradas.

A análise foi feita com base na quantidade de coliformes termotolerantes encontrados nas águas, com base nas normas estabelecidas pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama).

Programa Água Azul

O monitoramento é uma parceria entre o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema), o Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN) e a Fundação de Apoio à Educação e ao Desenvolvimento Tecnológico do RN (Funcern).

Durante o verão, a equipe responsável pelo monitoramento amplia os pontos analisados no litoral, a fim de avaliar a qualidade da água para a recreação.

As praias monitoradas estão em 17 municípios potiguares, entre eles:

  • Nísia Floresta;
  • Parnamirim;
  • Natal;
  • Extremoz;
  • Baía Formosa;
  • Tibau do Sul;
  • Canguaretama;
  • Ceará-Mirim;
  • Maxaranguape;
  • Touros;
  • Macau;
  • Areia Branca;
  • Grossos;
  • Tibau.

O boletim da balneabilidade é um importante instrumento para orientar os banhistas sobre quais locais são adequados para serem frequentados durante o verão.

FAQ

Quantos pontos impróprios foram identificados?

Foram identificados 8 pontos impróprios para o banho no litoral da Grande Natal. Estes pontos estão localizados nos municípios de Natal, Parnamirim e Nísia Floresta.

Quais são as normas estabelecidas pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente?

As normas estabelecidas pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) se referem à quantidade de coliformes termotolerantes encontrados nas águas.

Quais são os 17 municípios potiguares monitorados?

Os 17 municípios potiguares monitorados são: Nísia Floresta, Parnamirim, Natal, Extremoz, Baía Formosa, Tibau do Sul, Canguaretama, Ceará-Mirim, Maxaranguape, Touros, Macau, Areia Branca, Grossos e Tibau.

 

Deixe um comentário