A História do Atheneu Norte-Riograndense: Uma Tradição de Sabedoria

0 531

O Colégio Estadual do Atheneu Norte-Riograndense é uma instituição de ensino fundamental e médio muito importante para a história da cidade de Natal, Rio Grande do Norte. Fundado em 1834, o Atheneu Norte-Riograndense foi o primeiro colégio a oferecer ensino público e gratuito na região. Foi também o primeiro colégio do estado a inserir a disciplina de Psicologia no currículo, em 1911.

Ao longo dos anos, passaram por lá diversas celebridades, como o escritor José de Alencar, o poeta Augusto dos Anjos e o médico e político Aluísio Alves. No post de hoje, vamos desvendar os mistérios e a história do Atheneu Norte-Riograndense.

Dados dos Colégios Fundados no Rio Grande do Norte

Data de FundaçãoNome do ColégioLocalização
3 de fevereiro de 1834Colégio Estadual do Atheneu Norte-RiograndenseNatal, Rio Grande do Norte

Atheneu Norte-Riograndense: tradição de sabedoria

O Colégio Estadual do Atheneu Norte-Riograndense é, sem dúvida, uma das mais importantes instituições educacionais do Rio Grande do Norte.

Localizada na cidade de Natal, a segunda escola mais antiga do Brasil, fundada em 3 de fevereiro de 1834, possui uma história repleta de tradições e saberes. O nome da instituição é inspirado na deusa grega da sabedoria, Atena, e a qualidade dos estudos ofertados pelo Atheneu há mais de 180 anos testemunha essa tradição.

Posts Relacionados
1 De 5

A inserção da Psicologia no Atheneu

Em 1911, o Decreto nº 250 reformulou o sistema de ensino do Estado incluindo a disciplina de Lógica e “Phisyo-psychologia”. Dessa forma, a Psicologia foi inserida no Atheneu.

A inserção da Psicologia no Atheneu
Psicologia. Fonte/Reprodução: original.

Dois anos depois, em 1919, o jurista Floriano Cavalcanti lecionou a disciplina Psicologia, Lógica e História da Filosofia, instituída no Atheneu pela Lei nº 395. Desde então, o Atheneu tem desenvolvido diversas atividades para o aprimoramento dos alunos em áreas como Psicologia e Filosofia.

Estrutura atual

Atualmente, o Atheneu conta com cerca de 3.000 alunos, distribuídos em três sedes: a primeira foi inaugurada em 1954; a segunda foi criada em 1972; e a terceira sede foi construída em 1985.

Possui dois laboratórios de informática, um núcleo de informática, laboratório de Física, Química e Biologia, sala de vídeo e biblioteca virtual. Por ele passaram ilustres personalidades na condição de diretores, professores e alunos que enriqueceram sua história.

Uma tradição que encanta Natal

Quase duas décadas depois de sua fundação e apesar das limitações impostas pela época, o Atheneu já era referência cultural da capital do Rio Grande do Norte. Seus alunos participavam em debates filosóficos e científicos que contribuíram para o desenvolvimento intelectual da cidade.

Até hoje a história do Atheneu faz parte da identidade cultural da cidade de Natal. A instituição mantém as tradições que fizeram dela uma grande referência na formação acadêmica dos jovens natalenses e se mantém como um dos principais estabelecimentos culturais da cidade.

Deixe um comentário