Expressões Populares do Rio Grande do Norte e suas significâncias!

0 746

Vamos embarcar em uma viagem pela língua e cultura do Rio Grande do Norte! Descubra aqui as expressões populares mais usadas no Estado e se encha de encantamento com suas origens. Seja bem-vindo ao mundo das gírias potiguares!

Expressões Populares do Rio Grande do Norte

Você sabe que o interior do Rio Grande do Norte possui expressões e termos linguísticos com significados específicos? Esta sabedoria popular, comentários jocosos e observações empíricas são parte da cultura local e vale a pena conhecer mais sobre elas.

Expressões Populares do Rio Grande do Norte
Palavra escrita. Fonte/Reprodução: original.

Autores como Câmara Cascudo, Raimundo Nonato, Clementino Câmara, Leonardo Mota e Maria do Socorro Aragão estudam a região e a linguagem nordestina.

Conheça as Expressões Populares do Interior do RN

Algumas dessas expressões usadas no interior do RN incluem “Vem com teus peitos moles me dizendo que é moça”, usada para expressar desconfiança em relação à castidade de certas garotas. Outra expressão é “Não ter carne na bunda para fazer um pastel”, usada para descrever alguém muito magro. Além disso, há a expressão “Por azar até em jogo de castanha”, usada para descrever alguém que é muito azarado.

Posts Relacionados
1 De 112

A Origem Motivacional das Expressões

A origem motivacional de algumas dessas expressões usadas no interior do RN também foram discutidas. Por exemplo, a expressão “Ser atravessado igual a cu de calango” tem o sentido de algo mal-arrumado ou fora do lugar apropriado. O autor sugere que essa expressão possa ser modificada de outra expressão, mas ele não chegou a uma conclusão definitiva.

FAQ

O que são as expressões populares do Rio Grande do Norte?

Expressões populares do Rio Grande do Norte são termos linguísticos comuns no interior do Estado e seus significados. Estas expressões são decorrentes da sabedoria popular, comentários jocosos e observações empíricas.

Quem estuda as expressões populares desta região?

Autores como Cascudo, Raimundo Nonato, Clementino Câmara, Leonardo Mota e Maria do Socorro Aragão estudam a região e a linguagem nordestina.

Qual é a origem motivacional de algumas destas expressões?

A origem motivacional de algumas dessas expressões usadas no interior do RN também foram discutidas. Por exemplo, a expressão “Ser atravessado igual a cu de calango” tem o sentido de algo mal-arrumado ou fora do lugar apropriado.

Deixe um comentário