Potiguar: qual a origem e significado do termo potiguares

0 1.828

O nome Potiguar é motivo de orgulho para quem nasceu no estado do RN. Além disso, é uma forma de valorizar as nossas raízes e dizer que temos orgulho de pertencer a esta terra. Mas, quando falamos que quem nasce no estado é potiguar, muita gente pergunta o porquê do nome deste gentílico. 

A palavra está nas músicas, nos monumentos e nos artigos que escrevem diariamente sobre a região. Afinal, quem nasce no RN tem orgulho muito forte de ser potiguar. 

Ficou curioso? Neste artigo você vai descobrir o significado do termo potiguar para quem vive no Rio Grande do Norte e a sua origem indígena. 

O que é ser Potiguar?

Potiguar é o gentílico daqueles que nasceram no estado do Rio Grande do Norte, que também podem ser chamados de norte-riograndenses. Popularmente, no entanto, as pessoas se referem aos que nascem no estado do RN de potiguar. 

O que é ser Potiguar?
O que e. Fonte/Reprodução: original.

A etimologia do termo vem do tupi-guarani, família linguística compartilhada pelos povos originários que habitavam o território que viria a ser o Brasil e que explicaremos melhor no próximo tópico. 

Posts Relacionados
1 De 115

O que significa Potiguar?

Potiguar é um termo indígena, que vem da junção de duas palavras em tupi-guarani, que são: “Poti” (camarão) e “‘war” (comedor). Além disso, a palavra tem as suas variantes pitiguar e pitiguara.

De acordo com historiadores, os indígenas utilizavam o camarão para fazer vários pratos após realizarem a sua pesca na praia. 

Qual a origem do termo Potiguar?

A origem do termo Potiguar tem relação com o grupo indígena Potiguara ou Potiguar que ocupava o litoral do Rio Grande do Norte e da Paraíba. Esses indígenas estabeleceram relações tanto belicosas quanto alianças com os invasores portugueses e holandeses, entre os séculos XVI e XVII, e até hoje lutam pela força da sua identidade étnica.

Além do RN, há registros de Potiguaras em Pernambuco, Ceará e Paraíba durante o período colonial.

Vários potiguaras, no entanto, ao serem forçados ao batismo da Igreja Católica, adotaram o sobrenome Camarão, sendo o mais famoso deles Filipe Camarão, combatente indígena, e sua esposa, Clara Camarão.Hoje, os dois são nomes de ruas e outros monumentos históricos espalhados por todo o Rio Grande do Norte.

Clara era o braço direito de Filipe Camarão e dominava o arco e a flecha. Durante as batalhas contra os holandeses, a líder indígena conseguiu formar um pelotão composto somente de mulheres. O casal batalhou contra os holandeses durante a invasão Holandesa e participou da famosa Batalha dos Guararapes. 

Qual a realidade dos índios Potiguar?

Os potiguaras são reconhecidos pela resistência, dado que ocupam relativamente os mesmos territórios desde a colonização portuguesa. Sua resistência consiste em conseguir manter as suas tradições e popularizar sua cultura. A média de descendentes indígenas potiguares é em torno de 20 mil pessoas.

Como vivem os Potiguares?

Atualmente, os potiguares vivem na fronteira entre o Rio Grande do Norte e a Paraíba. Um de seus grupos fica localizado na região de Sagi, onde eles compartilham com turistas suas tradições, produções e a importância da preservação de sua cultura.

Há também registros de descendentes dos Potiguares no estado do Rio de Janeiro e Minas Gerais. Dentre os membros mais conhecidos da etnia atualmente, está a autora, escritora, ativista e pesquisadora Eliane Potiguara.

Agora que vocês sabem o significado de Potiguar, compartilhe esse texto com outras pessoas e faça o convite de conhecerem mais a fundo uma das etnias e culturas que resistem até hoje em nosso estado!

Deixe um comentário