Quem foi Garibaldi Alves? Conheça o cacique da família Alves RN

2 396

Na cidade de Angicos, o Nezinho Alves gerou alguns filhos ilustres na política do Rio Grande do Norte. Conhecemos o Aluízio Alves, ex-governador do estado; e o Agnelo Alves, ex-prefeito de Natal e Parnamirim. No entanto, existe o outro irmão famoso da família. Vamos explicar quem foi Garibaldi Alves, um homem bastante importante para manter a dinastia por muito mais tempo no poder.

Diferente dos irmãos que migrou para o jornalismo inicialmente, ele trabalhou na área pecuária para depois adentrar na política. Nos cargos políticos, ele foi deputado estadual, vice-governador e senador da República.

Quem foi Garibaldi Alves?

Garibaldi Alves nasceu no dia 27 de maio de 1923 na cidade de Angicos. Ele era dois anos mais novo que o seu irmão Aluízio Alves, que futuramente seria o Governador do Rio Grande do Norte.

Quem foi Garibaldi Alves
Fonte/Reprodução: original

Inicialmente, trabalha no cargo de pecuarista, mas eventualmente começou adentrar na política juntamente com os seus irmãos, mesmo que a sua atuação tenha sido mais nos bastidores do que os seus descendentes.

Oligarquia política da família Alves no RN

Posts Relacionados
1 De 116

A família Alves é natural da cidade de Angicos e o começo de sua árvore genealógica se dá por Manuel Alves Filho e Maria Fernandes Alves, a dona Liquinha. Nezinho, como era conhecido o patriarca da família, era neto de comerciantes da região do Vale do Assú e se tornaram pessoas importantes da região.

Mas, Manuel nasceu na cidade de Santana do Matos e mudou-se para Angicos, onde também se tornou comerciante.

Nezinho gerou nove filhos, que são: Maristela Alves (falecida aos 56 anos), Maria Neusa Alves, Aluízio Alves, Garibaldi Alves, Expedito Alves, José Gobat Alves, Carmen Alves (Madre Alves, ex-diretora do Colégio CIC), Maria de Lourdes Alves e Agnelo Alves. Os dois filhos que não mencionamos é porque eles faleceram quando ainda eram bebês.

O pai da família também foi prefeito da cidade de Angicos e na Revolução Constitucionalista chegou a ser preso, fazendo com que os Alves se mudassem para Ceará-Mirim. Ainda jovem, Aluízio começou a adentrar na política e participar de reuniões com o genitor. Após ter sido eleito deputado federal, os outros irmãos também entraram no cargo público.

Garibaldi, por exemplo, tornou-se deputado estadual em 1958 e assumiu o cargo duas vezes seguida. No entanto, ele teve seu poder cassado em 1969 por conta da Ditadura Militar.

Neste período se casou com Vanice Alves, onde teve quatro filhos: Garibaldi Filho (ex-senador do RN, ex-governador do RN, ex-prefeito de Natal e ex-ministro da Previdência Social), Paulo Roberto Alves (membro do Tribunal de Contas do Estado), Maria Auxiliadora Alves e Maria das Graças Alves.

Quais cargos políticos ocupados por Garibaldi Alves?

Além de ter sido deputado estadual, Garibaldi Alves também assumiu outros cargos públicos, como diretor da TELERN, que era o serviço de telefonia pública do estado antes da privatização da Telebrás. Sem contar que também atuou como diretor do SESI.

Durante a gestão do governador Geraldo Melo, Alves atuou como vice-governador.

Sua última atuação na política foi durante o Senado Federal, que assumiu o cargo após Rosalba Ciarlini assumiu o Governo do Estado.

Atuações políticas de Garibaldi Alves

Mesmo atuando mais nos bastidores da política, Garibaldi Alves foi um dos fundadores do Movimento Democrático Brasileiro (MDB) e ajudou a implantar o partido no Rio Grande do Norte com os seus familiares e aliados políticos.

Quando morreu Garibaldi Alves?

Garibaldi Alves morreu aos 98 anos. De acordo com os familiares do político, ele morreu de causas naturais em sua residência. Seu corpo foi velado no Cemitério Morada da Paz, em Emaús, na cidade de Parnamirim, juntamente com outros membros de sua família.

Agora que você sabe quem foi Garibaldi Alves, compartilhe este texto para mais pessoas que têm interesse em saber mais sobre a dinastia política dos Alves.

Mostrar comentários (2)